Brasil: A Reconstrução e o Recomeço Rumo à Grandeza e Desenvolvimento Sustentável

Lula e a industrialização
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

o Brasil presenciou um momento histórico e transformador, quando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu o plano ousado e visionário da Nova Indústria Brasil (NIB), uma política industrial que visa impulsionar o desenvolvimento nacional até 2033. Com investimentos previstos de R$ 300 bilhões até 2026, a NIB promete uma verdadeira revolução na indústria brasileira, destacando-se por sua ênfase em sustentabilidade, inovação e, acima de tudo, na geração de empregos e valorização humana.

Brasil: A Reconstrução e o Recomeço Rumo à Grandeza e Desenvolvimento Sustentável

 

Reconstrução nacional
o Brasil presenciou um momento histórico e transformador, quando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu o plano ousado e visionário da Nova Indústria Brasil (NIB), uma política industrial que visa impulsionar o desenvolvimento nacional até 2033. Com investimentos previstos de R$ 300 bilhões até 2026, a NIB promete uma verdadeira revolução na indústria brasileira, destacando-se por sua ênfase em sustentabilidade, inovação e, acima de tudo, na geração de empregos e valorização humana.

 

Por Alberto Senna, Jornalista e Educador Financeiro

Brasília, 23 de janeiro de 2024

Nesta segunda-feira, o Brasil presenciou um momento histórico e transformador, quando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu o plano ousado e visionário da Nova Indústria Brasil (NIB), uma política industrial que visa impulsionar o desenvolvimento nacional até 2033. Com investimentos previstos de R$ 300 bilhões até 2026, a NIB promete uma verdadeira revolução na indústria brasileira, destacando-se por sua ênfase em sustentabilidade, inovação e, acima de tudo, na geração de empregos e valorização humana.

O presidente Lula, em seu discurso apaixonado, ressaltou a importância de uma política industrial inovadora e digitalizada, alinhada com as demandas globais, para que o Brasil alcance finalmente a grandeza e desenvolvimento que sempre almejou. “Estamos dando um passo decisivo em direção ao futuro que merecemos. Não podemos mais estar na beira, é hora de estarmos definitivamente grandes e desenvolvidos”, declarou o presidente.

A Nova Indústria Brasil, elaborada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Industrial (CNDI) com a participação de 20 ministérios, BNDES, entidades industriais e sociedade civil, estabelece seis missões cruciais para impulsionar a nação:

Segurança Alimentar: Com o fortalecimento das cadeias agroindustriais, a meta é mecanizar 70% dos estabelecimentos de agricultura familiar, aumentando a produção e garantindo a segurança alimentar.

Complexo Econômico Industrial da Saúde: Ampliação da produção nacional de medicamentos, vacinas e equipamentos médicos para fortalecer o Sistema Único de Saúde.

Bem-Estar nas Cidades: Investimentos em infraestrutura, saneamento, moradia e mobilidade sustentável para reduzir em 20% o tempo médio de deslocamento das pessoas e aumentar a participação da indústria nacional no transporte público sustentável.

Indústria Moderna e Disruptiva: Digitalização de 90% das empresas industriais brasileiras, triplicando a participação da produção nacional em novas tecnologias.

Bioeconomia e Descarbonização: Ampliação do uso de biocombustíveis, redução de emissões de carbono e promoção da transição e segurança energética.

Autonomia na Defesa: Alcançar autonomia na produção de 50% das tecnologias críticas do setor de defesa, fortalecendo a soberania nacional.

O plano inclui medidas efetivas, como reforço no sistema de compras públicas, regime tributário especial, desburocratização e investimentos em pesquisa e tecnologia. Os R$ 300 bilhões serão geridos pelo BNDES, Finep e Embrapii, disponibilizados por meio do Plano Mais Produção.

O Despertar da Neoindustrialização

A Nova Indústria Brasil não é apenas um plano, mas um despertar para a neoindustrialização do Brasil. Ao investir em áreas estratégicas, como agricultura, saúde, infraestrutura e tecnologia, o país projeta um futuro mais competitivo, inovador e sustentável.

O vice-presidente Geraldo Alckmin destaca que a política posiciona a inovação e a sustentabilidade no centro do desenvolvimento econômico, representando uma visão de confiança na capacidade brasileira de liderar áreas estratégicas globalmente.

Críticas e Perspectivas

Entretanto, o plano não está isento de críticas. Economistas apontam para preocupações fiscais e ressurgimento de políticas desenvolvimentistas do passado. O mercado reagiu com oscilações, mas o presidente do BNDES, Aloizio Mercadante, defende o retorno do investimento estatal, citando práticas de nações desenvolvidas.

A Nova Indústria Brasil não é apenas um investimento financeiro; é um compromisso com o desenvolvimento humano, a inovação e a sustentabilidade. O Brasil se coloca no caminho da grandeza, reafirmando sua capacidade de competir globalmente e liderar mudanças positivas. O futuro, agora, é de reconstrução, recomeço e ascensão para o povo brasileiro.

 

Outras notícias

Confira outras notícias que pode lhe interessar

Conquista Histórica das mulheres em 1932: hoje a Dra. Cristiane e o...
Essa conquista ressoou para além das urnas. As mulheres, agora detentoras do voto, trilharam um caminho que as levou ...
Fim da reeleição e mandato de 5 anos: Conheça as propostas do novo ...
Uma das propostas mais impactantes é a coincidência de eleições na mesma data para todos os cargos em disputa, desde ...
Qual a Importância do Sono para o Desenvolvimento Infantil?
Ele fortalece as conexões sinápticas entre os neurônios, melhora a retenção de informações importantes e ajuda a filt...
Doutora Cristiane Pina: A Esperança de Uma Senador Canedo Renovada
A população de Senador Canedo agora tem a oportunidade de abraçar uma mudança verdadeira, liderada por uma mulher ded...
Doutora Cristiane Pina: Um Compromisso com o Futuro de Senador Canedo
Senador Canedo, a decisão está em suas mãos. O lançamento da pré-candidatura da Doutora Cristiane Pina é o começo de ...
Aparecida de Goiânia recebe aporte histórico do Brics: US$ 120 milh...
Com este aporte, Aparecida de Goiânia se prepara para embarcar em uma nova era de progresso e prosperidade, tornando-...
O Gazeta news
Rua J quadra 16 lote 23
O Gazeta© 2024
O Gazeta news
Rua J quadra 16 lote 23
O Gazeta© 2024
Atendimento por WhatsApp
Departamento de Anúncios
O Gazeta Anúncios
Atendimento das 08:00 às 18:00hs de segunda a sexta.
Atendimento por WhatsApp
Departamento Imprensa
Imprensa
Atendimento das 08:00 às 18:00hs de segunda a sexta.
Atendimento por WhatsApp
Departamento de Anúncios
O Gazeta Anúncios
Atendimento das 08:00 às 18:00hs de segunda a sexta.
Atendimento por WhatsApp
Departamento Imprensa
Imprensa
Atendimento das 08:00 às 18:00hs de segunda a sexta.

O Gazeta news

O Gazeta© 2024

Este site utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência. Ao clicar em 'ok" e continuar navegando, você concorda com a nossa política de privacidade